sábado, 16 de fevereiro de 2013

Imagine Hot Harry Styles


Eu sei que é errado. Quer dizer, muito errado mesmo! Mas eu não consigo evitar! E eu sou uma péssima amiga por causa disso. 
Meu nome é (S/N) Malik , isso mesmo, eu sou filha de Zayn Malik , o vocalista do One Direction. Eu tenho 17 anos e minha melhor amiga é a (sua melhor amiga) Styles, a filha do Harry, companheiro de banda do meu pai. Agora você já sabe o básico...Então, vou começar onde a historia complica... 
O Harry, quer dizer, Sr. Styles, é divorciado, a (sua melhor amiga) nunca conheceu a mãe dela ( parece que ela fugiu com algum milionário quando ela tinha 2 anos. ). E como eu sei disso? Porque eu sou a melhor amiga da (sua melhor amiga) desde hmmm...sempre! E qual o problema nisso? Bom...eu to apaixonada pelo Harry, ops, Sr. Styles. 
Eu sei que não devia, mas é inevitável...Ele é tão...sexy! E eu tenho algum tipo de queda por caras mais velhos. E eu sei que ele sente o mesmo por mim. Como eu sei? Bom... 

~ Flashback ~

“Oi (S/N)! A (sua melhor amiga) saiu mas ela deve voltar em meia hora. Quer entrar?” O Sr. Styles atendeu a porta só de calça, mostrando aquele corpo gostoso que só melhorou com a idade. 
“ Ah, claro...obrigada.” Eu disse quase babando. Entrei e sentei no sofá. 
“ Eu to fazendo pipoca, quer?” 
“ Claro!” Levantei do sofá e fui ajudá-lo. 
“ Aqui.” Ele disse jogando um pouco de pipoca em mim e rindo. 
“ Você-não-fez-isso!” Eu disse rindo e jogando pipoca nele de volta. 
“ Fiz-sim!” Ele disse imitando o jeito que eu falei antes e jogando mais. E assim, como duas crianças começamos uma guerra de pipoca. 
E acabamos um em cima do outro cobertos de pipoca. Nós não conseguíamos parar de rir ate que começamos a nos encarar. Eu estava com o corpo quase todo em cima do dele. 
“(S/N)...” Ele sussurrou. E antes que eu pudesse fazer alguma coisa estávamos nos agarrando. Ele começou a desabotoar a minha blusa enquanto se colocava por cima. O beijo se intensificava à medida que o tempo passava, ele começou a beijar meu pescoço, ate chegar em minha orelha e sussurrar: “ Eu acho...que me apaixonei...” ele voltou a beijar meus lábios, a mão dele agora estava em minha coxa e eu só conseguia pensar no quanto eu estava gostando daquilo. 
Eu desabotoei a calça dele com rapidez, não que eu fosse assim tããão experiente mas bom, digamos que eu não posso virar freira já a algum tempo... 
Ele me olhava com desejo. Terminei de tirar minha própria blusa e ele desabotoou meu sutiã de forma rápida e sutil. Juntos nós tiramos minha saia arrancando minha calcinha de renda Victoria Secret, jogando minha roupa de lado.
Voltamos a nos beijar com intensidade, era um beijo quase violento, mas nenhum de nós se importava com qualquer tipo de dor. Separamos o beijo por alguns instantes, estávamos ofegantes e com os lábios vermelhos de tanta pressão. 
Harry começou a dar beijos em meus seios, dando chupões leves de vez em quando, ele começou a descer os beijos pela minha barriga chegando a um ponto onde ele me olhou como quem pede permissão. Fiz que sim com a cabeça e ele começou a me masturbar, ele brincava com meu clitóris e passava a língua dentro de mim como o verdadeiro profissional que eu suspeitava que ele era. Eu soltava gemidos fracos e segurava seus cabelos com força.Harry parou seus movimentos recebendo um gemido de reprovação meu. Ele então enfiou dois dedos em minha vagina, fazendo movimentos circulares, indo e vindo rapidamente. Já não aguentaria mais por muito tempo se continuasse daquele jeito. 
O separei de mim e tirei sua cueca que ainda estava em seu lugar. Rapidamente comecei a passar minha língua pela cabeça de seu pênis, e dei pequenas mordiscadas no mesmo, agora quem gemia era ele. Vendo sua impaciência tratei de envolver todo seu membro com minha boca. Quando senti que estávamos no auge tirei minha boca e voltei a beijá-lo com vontade. 
Então ele penetrou em mim com toda sua força. Ele dava fortes impulsos para dentro de mim, como se nós fossemos nos fundir em um só, nós soltávamos urros de prazer. Ele ia e vinha para dentro de mim, até que ele se separou de mim gozando no chão. Estávamos os dois cansados e suados, eu deixei meu corpo nu pesar em cima do dele enquanto Harry fazia carinho em meu cabelo. 
Foi nessa hora que a campainha tocou, ainda estávamos cansados e sem roupa, por isso tratamos de nos levantar rapidamente. 
“ Merda.” Nós dois dissemos juntos e começamos a nos ajeitar. Eu arrumei o cabelo e coloquei minha roupa, quando vi ele já estava pronto(visto que sua roupa era apenas a calça e a cueca) e atendia a porta. 
“ Meu deus! O que vocês fizeram aqui?” (sua melhor amiga) berrou rindo da bagunça. 
“ Só uma guerra de pipoca.” Ele disse como se nada tivesse acontecido. 
“ São duas crianças mesmo!” (sua melhor amiga) disse rindo. 

~ End Flashback ~

Depois disso eu e ele começamos a sair escondidos, e quando eu estou na casa dele nós nos controlamos, afinal ninguém pode saber! 
Meu deus, isso é tão errado! Eu enganando meu pai e minha melhor amiga! Mas eu não consigo me controlar...eu estou louca por ele, e ele por mim. 
FIM

8 comentários:

Gabriely Ventura de Souza disse...

Perfeito!!!!!!!!!!
Aprovado.

judy disse...

HahahxD Amei Xx

Stefany Barros disse...

Amei!!!!

Carla Agostinho disse...

Perfeito, gostei muito :)

Anônimo disse...

A.M.E.I

Anônimo disse...

Prft, faça mais assim... por favorrr!!!!!!

Anônimo disse...

Melhore, sinceramente muito ruim.
Lucy

Anônimo disse...

Que nada! Isso ficou muito bom com certeza!